De acordo com a Portaria Conjunta nº 1.751, de 2014, a Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) estão emitindo a Certidão Negativa de Débitos (CND) unificada, que abrange contribuições previdenciárias e outros tributos. Antes, as empresas precisavam de dois documentos, uma certidão conjunta para a comprovação de ausência de débitos tributários perante a Receita Federal e a PGFN e outra específica para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Agora, passam a ser abrangidas pela CND as contribuições sociais descritas na Lei nº 8.212, de 1991: dos empregadores domésticos; de empresas, incidentes sobre a remuneração paga ou creditada aos segurados a seu serviço; e as dos trabalhadores, incidentes sobre o seu salário de contribuição.