O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a decisão favorável à rede China in Box sobre o direito de exclusividade do termo "in box", considerado sinônimo de delivery de comida chinesa, ordenando, por liminar, a retirada da expressão do nome de um restaurante fast food de delivery de comida italiana, chamado Massa In Box.

Apesar de os termos "China" e "in box", registrados no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), serem de uso comum, a decisão teve como base o fato de que os termos são associados pelo público consumidor ao serviço de delivery de comida chinesa servida em caixa pela rede China in Box. Os desembargadores entenderam que a utilização da expressão "in box" pode causar confusão no consumidor ao apenas substituir a palavra "China" por "Massa". Ainda é cabível recurso da decisão.

A decisão reforça entendimentos anteriores, como nos casos em que foram barrados os nomes "Ásia In Box", de um restaurante de comida chinesa, e "Uai In Box", de um restaurante de comida mineira.