De acordo com dados disponibilizados no site do DNPM, foram realizadas 595 requisições de pesquisa e lavra no DNPM para operações de mineração no mar. O órgão atribui tal demanda à descoberta de depósitos de algas marinhas calcificadas em uma área que abrange do Espírito Santo ao Pará.

Ainda segundo o DNPM, quase metade das requisições dizem respeito à exploração dos mencionados depósitos, sendo as demais relativas à areia, sal gema, diamante, carvão e ferro.

Desta forma, espera-se que 2013 seja um ano em que a exploração mineral no oceano apresente uma demanda crescente.