Na última quinta-feira (16), foram divulgados os resultados das licitações para os aeroportos de Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Salvador (BA), Florianópolis (SC). Os aeroportos foram arrematados por grupos alemão, francês e suíço, por um valor total de R$ 3,72 bilhões, 23% acima do esperado pelo Governo. Para garantir a atratividade da oferta, o edital eliminou a participação da Infraero nos consórcios vencedores, bem como o pagamento de outorga nos primeiros 5 anos.

Estimativas apontam que, com a mudança, cerca de 60% dos passageiros serão transportados por aeroportos concedidos à iniciativa privada. Atualmente, os aeroportos administrados pelo Governo concentram pouco mais da metade dos embarques e desembarques de passageiros.

O Governo considera que os leilões foram bemsucedidos. Com isso, espera-se que o Poder Executivo proceda com a privatização dos demais projetos do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) em áreas como rodovias, ferrovias, portos, aeroportos, energia e mineração.