Na última quarta-feira, a Comissão de Minas e Energia (CME), da Câmara dos Deputados, aprovou o PL nº 6.325/2016, que altera a Lei da Política Agrícola para incluir o incentivo à aquisição de equipamentos que utilizem a energia solar, energia eólica ou biomassa, para a produção de energia limpa e sustentável, através de linhas de crédito diferenciadas. Agora, o PL será analisado pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR).