Na terça-feira (26) o plenário do Senado Federal aprovou o PLS nº 206/2017, de autoria do senador Ronaldo Caiado (DEM/GO), que institui o Fundo Especial de Financiamento de Campanha. Estima-se que o fundo tenha o montante de R$ 1,7 bilhão para campanhas de 2018. O projeto aprovado também elimina a possibilidade de qualquer propaganda política paga no rádio e na televisão e dispõe que o fundo será constituído mediante dotações orçamentárias da União em ano eleitoral por meio da inclusão do artigo 16-C da Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições), o qual dispõe sobre parâmetros e valores mínimos. Por fim, o PLS mantém o horário eleitoral gratuito. Houve muito debate entre os senadores na discussão do projeto, todavia, a matéria foi decidida em votação simbólica. O senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo na casa, votou favoravelmente ao financiamento público.