Na última quarta-feira, o Plenário do Senado Federal aprovou requerimento apresentado pelo Senador Magno Malta (PR-ES) em relação ao Projeto de Lei (PL) nº 186/2014, que trata da liberação dos jogos de azar no território nacional. O pedido foi no sentido de retorno no texto à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O texto, que teve relatório apresentado e aprovado apenas no âmbito da Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional (CEDN), tramitará agora também na CCJ antes de ir ao Plenário. A atual redação do PL permitirá a exploração da atividade por particulares mediante concessão precedida de licitação. A Caixa Econômica Federal (CEF) terá protagonismo tanto na exploração de apostas eletrônicas (como jogos via internet, computadores ou telefones), em regime de autorização, bem como agente operador, centralizando todo o sistema de movimentação financeira da atividade.