A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou em 4 de fevereiro o edital de licitação para concessão da Ponte Rio-Niterói.  A licitação tem por objetivo conceder a operação, manutenção, monitoração, conservação e implantação de melhorias do Sistema Rodoviário da Ponte Rio-Niterói pelo prazo de 30 anos. O futuro concessionário será responsável pela construção de vários acessos rodoviários com o objetivo de melhorar o tráfego na ponte e regiões próximas.

Empresas interessadas em participar da licitação deverão, entre outros requisitos, demonstrar serem capazes de alocar ao projeto profissionais com experiência comprovada em construção ou recuperação de pavimentos, construção de estruturas de pontes e viadutos, manutenção, recuperação ou reforço de estruturas de pontes e viadutos e operação de rodovias.

O projeto está estimado em aproximadamente R$ 5,14 bilhões. A data para apresentação das propostas é 16 de março e a sessão pública de abertura das propostas está agendada para 18 de março.

A Ponte Rio-Niterói foi construída no início da década de 70 para evitar uma viagem de 100 km entre as cidades. A ponte, com 13,29 km de extensão dos quais 8,83 km sobre a água, tem uma altura de 72 metros em seu ponto mais alto. É conhecida como a maior ponte de concreto protendido do hemisfério sul e está listada entre as pontes mais longas do mundo.

A concessão da Ponte Rio-Niterói para operação privada, ocorrida em 1995, foi o primeiro projeto da 1ª etapa do programa de concessões rodoviárias do Governo Federal e deve expirar em junho de 2015.

Para acessar a página oficial da ANTT contendo os documentos da licitação, clique aqui.