Projetos totalizando cerca de 19GW foram cadastrados para participar do leilão A-5 previsto para abril/15. Além de usinas térmicas, 7 hidrelétricas podem ser licitadas: Itaocara, Apertados, Telêmaco Borba, Ercilândia, Davinópolis, Perdida 2 e Tibagi Montante. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) iniciou audiência pública para colher contribuições para o edital do leilão. Os contratos devem ser de 30 anos para o produto por quantidade e 25 anos para o produto disponibilidade, diferenciado por fontes. O início de suprimento está previsto para 01/01/20. PCHs, UHEs com potência inferior a 50MW e ampliações de usinas existentes precisam destinar, no mínimo, 10% da garantia física para o ambiente de contratação regulada (ACR) e as demais usinas, 70%.