A ANEEL informou que está preparando diversas medidas para evitar atrasos e disputas administrativas e judiciais envolvendo obras do setor elétrico. A ideia é criar regras mais claras sobre os eventos que se configurarão como excludentes de responsabilidade do empreendedor e os impactos objetivos de tais eventos. A expectativa é que o edital do leilão A-3 já contemple tais regras. A ANEEL vem atuando de forma mais rigorosa em pleitos de prorrogação de cronograma.