A ANEEL aprovou a metodologia para definição do custo de capital a ser utilizado no 4º ciclo de revisão tarifária das distribuidoras. A metodologia resultou em um aumento do custo médio ponderado de capital (WACC) de 7,16% para 8,09% ao ano. No caso do WACC das transmissoras, a ANEEL iniciou a Audiência Pública n.º 8/2015 para discutir o tema. A proposta da ANEEL é que o WACC das transmissoras suba dos atuais 5,5% para um patamar entre 7,36% e 7,86% ao ano, dependendo do prazo de construção do empreendimento, e já se aplique nos próximos leilões de transmissão.