Foi assinado nesta quarta-feira (25) acordo de cooperação entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e diversos órgãos do Poder Judiciário e Poder Executivo com escopo de promover medidas de combate à corrupção e à impunidade. 

O pacto se deu após evento ocorrido ontem (24) no TCU denominado "Seminário sobre a Lei Anticorrupção". Participaram membros dos órgãos envolvidos para discutir seus respectivos papéis no contexto da vigência do Microssistema Anticorrupção. 

A cerimônia para celebração do acordo ocorreu às 13h30, no gabinete do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do CNJ, ministro Ricardo Lewandowski e contou com assinatura de representantes dos diferentes órgãos envolvidos, quais sejam, José Eduardo Cardozo – Ministro da Justiça, Rodrigo Janot – presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Luís Inácio Adams – Advogado Geral da União (AGU), Valdir Simão – Ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) e Marcus Vinícius Furtado Coêlho – Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). 

Os referidos órgãos comporão grupo de trabalho com escopo de promover medidas para combate a práticas de ilícitos contra o erário. A parceria prevê ainda a participação de entidades ou pessoas do setor público e privado, que atuem profissionalmente em atividades relacionadas ao tema, por meio da criação do Fórum de Colaboradores.